Overblog Suivre ce blog
Editer l'article Administration Créer mon blog
28 décembre 2008 7 28 /12 /décembre /2008 22:40

 
Além da evocação da variedade (ver artigo precedente), eu queria falar dos vinhos "finos" e dos vinhos "comuns", populares. Esta distinção existe fortemente no Brasil. Admite-se que um vinho é feito de videiras mais nobres, recomendado pela viticultura mundial (os campeões são: cabernet-sauvignon, merlot, syrah) e os vinhos feitos com uvas menos apropriadas e que também são boas para se comer...  mas hoje, esta distinção praticamente não tem mais sentido na França.  O consumo de massa diminuiu muito, mesmo se considerarmos que em média, um francês ainda beba 54 litros por ano (um brasileiro bebe 2 litros apenas!!!). Certamente o nível de qualidade, a complexidade, o prazer...vai-se de 1 a 100 ou de 1 a 1.000, mais esta hierarquia é extremamente oscilante. Eu tomaria um dos meus vinhos favoritos: "l'Entre deux mers". Foi considerado durande décadas, um vinho de consumação popular e hoje, impulsionado pelos produtores que perceberam que não poderiam ficar à mercê dos acontecimentos, esses vinhos progrediram e desenvolveram todas as suas qualidades além de outras novas... Logo,logo eu farei um artigo sobre esse tema... Mas tanto essa imagem de vinho "popular" é ainda forte que, alguns produtores tentam não mais chamá-lo de "l'Entre deux mers" mas de "Bordeaux branco" que segundo eles, "soa melhor"... complicado não??? O mesmo vinho pode, conforme a vontade do viticultor ou de seu proprietário, mudar de nome...
 
Resumindo: uma terra não está condenada à mediocridade. É preciso perseverar na melhoria da plantação e da vinificação. Eu comprei algumas garrafas de um chateauneuf du pape decepcionante mas, eu não vou me decidir por não comprá-lo mais, mas eu vou somente dizer que tal viticultor falhou em seu trabalho ou, se ele recomeça eu vou até dizer que ele não faz um bom vinho... Entre todas as denominações, mesmo as mais famosas, existem coisas excepcionais e também produtos menos interessantes... Daí o grande interesse na degustação "às cegas"...

Partager cet article

Repost 0
Published by ronan
commenter cet article

commentaires

Présentation

  • : confraria do vinho francês
  • confraria do vinho francês
  • : le blog de la confrérie du vin français au Brésil... o blog da confraria do vinho francês no brasil
  • Contact

proverbio do dia...

 

 

 

j'ai découvert que ce ne sont pas deux mais trois fleuves qui arrosent Lyon...
"Lyon est une ville arrosée par trois grands fleuves : le Rhône, la Saône et le Beaujolais. "
Léon Daudet


Se, às vezes, bebemos para esquecer... Degustar é, sempre, um momento para se recordar... 
Philippe Faure-Brac, melhor sommelier do mundo 1992 (eleito no Rio de Janeiro - que sorte!!!!)

Si parfois on boit pour oublier ...on goûte toujours pour s'en souvenir...
Philippe Faure-Brac meilleur sommelier du monde 1992 (couronné à Rio de Janeiro...quel hasard!!!)

 

Recherche

dois artigos por semana

Uma ves por semana vou apresentar uma videira ( "cépage")
uma uva diferente e simbolica do vinho frances e
tambem  um vinho carateristico da viticultura francesa.

compteur

 visiteurs

proverbios

La bière est oeuvre de l'homme, le vin est l'oeuvre de Dieu

A cerveja é obra do homem,o vinho a de Deus.

ce qui sous entendrait que quand on comprend le vin on comprend mieux Dieu?



Il y a davantage de philosophie et de sagesse dans une bouteille de vin que dans tous les livres.

Louis Pasteur

sur le principe je suis assez d'accord mais cela dépend quand même de la qualité du vin!!!




Há mais filosofia e sabedoria dentro de uma garrafa de vinho que dentro de todos os livros.
 
Louis Pasteur


A princípio, estou plenamente de acordo, mas  depende da qualidade do vinho!!!


«On distingue dans l'eau son propre visage


O vinho é a coisa mais civilizada no mundo
François Rabelais

Qui bon vin boit, Dieu voit

Bebendo bom vinho, se vê deus

Il existe cinq bonnes raisons de boire du bon vin : l’arrivée d'un hôte, la soif présente et à venir, le bon goût du vin et n'importe quelle autre raison.    Proverbe italien


Tem cinco boas razoes de beber bom vinho : a chegada de um amigo, a sede presente e a vir, o gosto bom de vinho e qualquer outra razão . Provérbio italiano



"O bom vinho solta as línguas e os corações."


Le bon vin délie les langues et les coeurs...

 

 


 

;
mais dans le vin on aperçoit le cœur d'un autre.»  
(Proverbe français) 

Na agua reflete-se o proprio rosto,
no vinho revela-se o coraçao do outro
."
(Provérbio francês
)

Pour connaître l'origine et la qualité d'un vin,
il n'est pas nécessaire de boire le tonneau entier.

Oscar Wilde

Para conhecer a origem e a qualidade de um vinho,
não é necessário beber o barril inteiro.
Oscar Wilde


Le vin est ce qu'il y a de plus civilisé au monde.

François Rabelais